20 de abril de 2011

7ªArte





The King’s Speech (O Discurso do Rei)


Tenho de admitir, desde que eu vi o trailer deste filme (e antes de o ver) o argumento “parcial” nunca me tinha atraído muito: um rei gago que se tenta curar. Mas uma coisa vos digo! Este filme é espectacular! filme começa com um ritmo lento, pachorrento e um pouco desinteressante, mas à medida que Geoffrey Rush entra no filme e que a relação da sua personagem (Lionel) com a personagem de Colin Firth (King George VI) ganha proximidade o filme cresce imenso! Culmina com uma cena quase perfeita! A cena do discurso final por parte do Rei ao seu país em guerra é uma cena muito bem feita e muito bem conseguida! E sempre com uma excelente banda sonora a acompanhar!Este filme, diria eu, anda às costas de três actores brilhantes, que se não fossem eles isto não iria a lado nenhum… Não me venham cá falar de Tom Hooper, quem fez este filme foi Geoffrey Rush, Helena Bonham Carter e Colin Firth! Todos eles com representações maravilhosas! Digo-vos, deveriam todos eles ter ganho Oscars de representação! Qual Melissa Leo qual Christian Bale! Geoffrey Rush e Helena Bonham Carter deviam ter ganho. Quanto a Firth, foi mais que merecido!
Continuo a achar que algo falha na realização do filme (decerto que não foi a melhor do ano, como os Oscars assim o consideraram… Fincher ou Aronofsky deviam ter ganho o Oscar de melhor realização, sem dúvida!) e que existem planos e transições no filme muito esquisitas e até mal feitas! Houve um plano muito mau da abadia de Westminster onde o Rei estava a preparar o seu discurso e que estava tudo torto…
Mas sem dúvida um grande filme que tinha que ser premiado de qualquer maneira! Entre este e o The Social Network para melhor filme… Não consigo escolher, lamento… Tão diferentes mas tão empatados…
Vejam este óptimo filme!


18.5/20




Source Code (O código Base)

E aqui vem mais um filme de ficção científica/acção que faz lembrar A Origem e, principalmente, o Déja Vu.
Este filme pode até preencher os requisitos de um óptimo filme para alguns, mas não sei bem o porquê, não me convenceu assim tanto. É um bom filme, lá isso é! Não é dinheiro mal gasto, não! É competente a nível de representações e realização, sim é! Mas o que mais me custa a entrar é o forçado argumento que deixa várias questões por clarificar. É aqui que o filme mais peca! Enquanto que A Origem tem um argumento fabuloso (quem segue este blog sabe que, para mim, a Origem deveria ter ganho o Oscar de melhor Argumento Original), bem construído, sem quaisquer gralhas ou falhas, este limita-se a abordar um tema, que na minha opinião, poderia ser muito melhor construído, explorado e explicado. No final do filme há sempre interrogações que nos ficam e acabamos por aceitar o final (que na minha opinião foi deveras desolador, visto que acabou por contradizer todo o filme) ao ceder à útil resignação de não mais pensar na “complexa” história de Código Base.
Por outro lado temos representações muito boas por parte de dois actores já experientes. Temos um Capitan Colter Stevens (Jake Gyllenhaal) bastante credível e bem construído, e uma excelente (para mim a melhor neste filme) Goodwin (Vera Farmiga).
É de referir ainda a péssima escolha para o cartaz, é feio como tudo!
Mas é aconselhável ver, se quiserem passar um bom serão, mas não vos vai eclipsar com tamanha qualidade quanto A Origem.


14/20


10 comentários:

  1. Eu adorei O Discurso do Rei. E detestei The Social Network, não acho que estejam empatados. Credo!
    Quanto aos Óscares para os actores, acho que tens razão.
    Até porque o filme The Fighter não me cativou nadinha, nem as personagens. :/

    ResponderEliminar
  2. ahahah, a culpa é tua! Fizeste-me explodir xD
    Nós vamos ganhar a Taça da Liga :c
    E a Liga Europa, quem sabe! Somos meninos para isso, basta querer!
    ah, pois bem me parecia :p

    ResponderEliminar
  3. ahah, não é bem, mas é quase :p é em frente ao Tesco, o supermercado x)
    É mesmo ahah, tens toda a razão, até doi :p

    ResponderEliminar
  4. Foi a melhor viagem de sempre, amei :$

    ResponderEliminar
  5. Oh chefe, está pior que Portugal xD

    (thanks, thanks :') the only person that understood :P)

    ResponderEliminar
  6. ahah, antes fosse. na verdade nem sei bem porque ando assim... whatever, obrigada :)

    ResponderEliminar