25 de abril de 2012

Séries que Marcam!

Game Of Thrones

Bem, como hei eu de começar a falar de GoT... Primeiro, apenas comecei a ver esta série na segunda semana de férias da Páscoa, ou seja, há pouco menos de um mês. Vi toda a primeira temporada em apenas uma semana e agora estou a prestar atenção à segunda que estreou à pouquíssimo tempo nos EUA, estando assim a assistir pelo calendário Norte Americano porque aqui nesta santa terrinha só agora é que a primeira temporada vai estrear na Syfy que, só pelo acaso, é um canal pago -.-
Anyway, vamos-nos cingir à série. GoT é uma aclamada série (tanto pela crítica como pelo público) um pouco por todo o mundo, é o fiel retrato da saga literária "As crónicas de Gelo e Fogo" de George R. R. Martin e conta com uma produção, realização e cast excelentes! Desde The Tudors que não me entusiasmo tanto com uma série! Há quem diga que GoT é a mistura perfeita do romance político de The Tudors com o mundo fantástico de LOTR, ou seja, só algo épico poderia sair daqui, e foi o que aconteceu! A série acaba quase sempre em suspense e o ambiente é sempre tão pesado que nos sentimos por vezes tão asfixiados ao olhar para o ecrã que começo a desconfiar que GoT deveria ter um aviso: "impróprio para cardíacos", porque decerto que o meu coração bate a todo o ritmo quando vejo as peripécias e os enredos cada vez mais sombrios de GoT. Dos actores tenho que destacar Peter Dinklage que faz um Tyrion Lannister perfeito! É das personagens mais bem conseguidas em toda a série. Do elenco feminino a Lena Headey traz-nos uma perfeita e maquiavélica Cersei que, no entanto, por momentos consegue ganhar a nossa empatia. Porque em GoT não podemos considerar que existe "os bons" e "os maus", porque ao decorrer da série haverá sempre alguns motivos para odiar certas personagens mas também haverá outros quando as adoramos... É estranho, mas fascinante o que Game of Thrones faz connosco! Brinca com os nossos sentimentos à medida que a tela nos mostra grandes e épicos episódios!
VEJAM! É obrigatório, sem dúvida :D


Deixo-vos aqui a fantástica Intro da série 



8 comentários:

  1. É mesmo! E adoro como tratas os "amigos" mais próximos. Ri-me imenso, obrigada :)

    ResponderEliminar
  2. Acho que já te contei que esta série me aborrece de morte, certo xD? Acho que se o Drive - que esse sim, é um filme perfeito - também tivesse sido nomeado para Oscar de melhor filme tu já gostarias do ELIC, mas enfim... Ricardo, não é pretensioso, nem manipulativo, é a maneira de contar a história que tem de ser, querias quê, um American Pie saído do 11 de Setembro? É que não vejo de que outra forma isto poderia ter sido contado, até porque o livro condiz mais ou menos com o filme... Ora, mas pronto, não é convencional, não me pareces pessoa de andar por aí a dizer isso xD

    ResponderEliminar
  3. Oh, e tu a mim, com as tuas críticas exageradas xD Ricardo, desculpa lá, achas o filme uma tentativa de manipulação de sentimentos? Então olha, talvez não se devessem fazer mais filmes acerca do nine-eleven, porque manipulam os sentimentos das pessoas, ou melhor ainda, talvez nem se devessem fazer dramas, porque, como é óbvio, podem manipular e levar-te ao choro, ou se quisermos ser mais simpáticos, talvez possam fazer dramas secos, aborrecidos de morte, apenas desses, que é para não sentirmos nada nem nos emocionarmos, afinal, sentimentos não deviam existir aquando do visionamento dum filme... E pretensioso? Bem, talvez devessem ser feitos apenas Twilights, Transformers e afins, para nem mexerem com os sentimentos da população... E ainda feito para ganhar trocos às custas do mundo inteiro? Então olha, nesse caso talvez nem devessem ser feitos filmes, afinal, podem render dinheiro às custas das pessoas, há que tomar em atenção... Oh Ricardo, deixa-te de tolices, não gostaste do filme, pronto, agora não o acuses de ser isto e aquilo, porque no seu geral nem é nada disso, aliás, levarem a história do ponto de vista do miúdo é um prisma bastante surpreendente, esta história podia ter outro pano de fundo qualquer, com o pai morrendo doutra forma, que a história ia ser tão melosa como já é, deixa-te de coisas xD E o puto chama-se Thomas Horn, e se não toleraste o facto de o moço ser tão inteligente e tão estranho, bem, talvez não tenhas levado em consideração que o moço sofria de algum tipo de "condição", se bem te lembras isso chegou a ser tocado no filme, isso é que o fazia "tão irritante", se tivesses prestado atenção eventualmente terias descoberto que essa era a verdadeira personalidade do miúdo, não uma faceta despropositada, já no livro a caraterização do mesmo era igual :-) Não é melhor que o Drive, nem perto, simplesmente é mais agradável, cai mais para a Academia, se bem me faço entender xD Ora aí está, mas sim, 500 aérios também é muito, mas aposto que quem levou a dita coima já não volta a fazer igual xD Quanto ao TGWTDT... As intros do Fincher são sempre as máiores, já viste o Se7en? Eu li o livro antes também e não me pareceu mal adaptado, achei muito bem feito, aliás, apreciei bastante a troca de "final", foram inteligentes, deram a volta ao assunto, e só isso já faz um filme diferente do sueco, que na verdade, nem se equipara a este... Oh, essa do prolongar é um pouco parva Ricardo, o filme ia ter quê, mais 5 minutos xD? Achei bem feito, também tu, arranjas sempre algum mal nos filmes, queria ver-te dar 20 em 20 a um, caía-me o queixo xD Mas sim, é bom ter estas disparidades cinéfilas LOL

    ResponderEliminar
  4. Lá estás tu com a mesma rapaz, achaste aquilo artificial? Acho que artificial era metê-los a rir o filme todo xD E superficial? óh rapaz, querias o quê, que filmassem todas as noites que a mãe e o filho adormeceram a chorar pelo ente perdido? óh Ricardo, aquilo está bem explorado, há filmes bons ou nem isso que nós não conseguimos gostar, pronto, é só xD Foste ver o Bel Ami ao cinema xD?

    ResponderEliminar
  5. Gosto imenso de Game of Thrones, ja li 4 livros e só nao leio o resto porque sao um nadinha caros... Espero que continuem a produzi-la,que nao a cancelem.

    ResponderEliminar
  6. Amo esta serie! uma das melhores que já vi :D
    Adorei o blog, estou a seguir!!

    ResponderEliminar