10 de junho de 2011

Estranhos


- “O morno vento levou-me até ti. Vi-te defronte a ele. Estavas a mexer no teu desgrenhado cabelo castanho e sorrias divinamente, como só tu o fazes.
Eu desejava-te, de longe, analisava cada movimento do teu perfeito corpo. Os gestos delicados, as expressões genuínas, as gargalhadas melódicas, o brilho dos olhos verdes, a graciosidade do passo. Em ti tudo apreciava, de longe.
Tu deste comigo e, como tantas vezes já o tinhas feito, lanças-me um impiedoso sorriso sedutor que me trespassou o corpo e me congelou a respiração. Fiquei vidrado em ti e só descongelei quando já estavas nos braços dele e quando os teu cruéis lábios estavam já pregados nos dele, o miserável!
Eu avançava, depois, na tua direcção, mas nada fazia… Tu olhavas-me nos olhos e lançavas-me um novo sorriso provocador. Eu apenas me afastava, mordendo o meu lábio com raiva. Nunca me aproximava, pois a nossa relação sentia-se de longe, bem longe… Não passávamos de estranhos…”
- “Uns sedentos estranhos que acabaram por cometer o pecado”.
Ela sorri diabolicamente, os seus braços de anjo agarram o meu pescoço e beija-me. 

13 comentários:

  1. Caro Ricardo, tens andado deveras inspirado! :P

    ResponderEliminar
  2. Já não visitava o teu blog, há imenso tempo :$
    Gostei do texto e muito obrigada.

    ResponderEliminar
  3. Pois, eu também estive um pouco ausente :$

    ResponderEliminar
  4. Um desconhecido que se conhece tão bem...

    ResponderEliminar
  5. Muito obrigada (:
    Sim, é um filme muito bom sem dúvida!

    ResponderEliminar
  6. Mas nos (meus) sentimentos (quase) ninguém lhes toca. Eles são criados e nutridos por alguém mas é difícil mexerem neles :) Obrigado Ricardo!

    ResponderEliminar
  7. Concordo. Mas olha, são como as nuvens: muitos sabem que estão lá mas é-lhes indiferente :)

    ResponderEliminar
  8. fazes umas descrições muito interessantes tenho-te a dizer xD
    e sim acabei as aulas na quinta feira e agora ando com a cabeça enterrada nos livros por isso estou um bocadinho menos alive :|

    ResponderEliminar
  9. Pelo menos é tua, mesmo que em pouco e em pecado. mas é-o tal como desejas.

    ResponderEliminar
  10. "Ela sorri diabolicamente, os seus braços de anjo agarram o meu pescoço e beija-me. " isto relembra-me e lembra-me de .. aiai vida a minha (a) ahah
    bom post ;)

    ResponderEliminar
  11. É muito agradável saber isso! :)
    Obrigado! :)

    ResponderEliminar
  12. parvo -.- xD
    é bem feita! a ver se te correm bem , ao menos ;b

    ResponderEliminar