27 de setembro de 2011

Contradições



És feliz porque és assim,
Todo o nada que és é teu. 
Eu vejo-me e estou sem mim, 
Conheço-me e não sou eu.
Fernando Pessoa

Como eu te compreendo...

7 comentários:

  1. Ainda bem que estás ao meu lado em português, porque eu não percebo nada! :P

    are you ok? :x

    ResponderEliminar
  2. oh ricardo:)) eu continuo, eu continuo.
    e está tudo bem?*

    ResponderEliminar
  3. Este é que foi um grande homem, isso sim!

    ResponderEliminar
  4. I'm trying (isto está bem escrito ? :o a falta que o inglês faz! ) , Richard, I'm trying.

    ResponderEliminar